O Barquinho Cultural

O Barquinho Cultural
Agora, o Blog por Bloga e O Barquinho Cultural são parceiros. Compartilhamento de conteúdos, colaboração mútua, dicas e trocas de figurinhas serão as vantagens
dessa sintonia. Ganham todos: criadores, leitores/ouvintes, nós e vocês. É só clicar no barquinho aí em cima que te levamos para uma viagem para o mundo cultural

terça-feira, 15 de novembro de 2016

Aline Maly mostra sua bossa em “Me Diz”

Primeiro CD da cantora e compositora paulistana será lançado dia 20/11 

Ela começou a cantar aos 7 anos; aos 10, primeira composição
A cantora e compositora Aline Maly começou a cantar aos 7 anos de idade no coral da igreja que frequentava. O pai apresentava programas religiosos no rádio, de modo que a música era uma constante em sua casa.

Tomou gosto pelo cantar e, depois de participar de vários corais, aos dez anos começou a compor. A primeira música composta foi “Raio de Sol”, completada três anos depois. O talento se impôs de vez e ela não parou mais de compor.

Estudou canto no Senac e teoria musical na Ordem dos Músicos. Tem composições gravadas por vários artistas, de vários estilos, do gospel ao sertanejo. Suas preferências musicais são Diana Krall, Stevie Wonder, Caetano Veloso, Jorge Vercillo e, claro, bossa nova.

Depois de participar de vários grupos, fazendo backing vocal, partiu para a carreira solo. Cantou em teatros – outra de suas paixões – e na casa de espetáculos Estrada Mix. E agora está lançando seu primeiro CD, totalmente autoral, “Me Diz”.

Gravado nos estúdios Hiper Show e no ER, de Catanduva (interior de São Paulo), a produção, independente, tem alguns arranjos de Elton Ricardo, músico radicado em Catanduva. Aline é acompanhada por uma banda só de meninas: Lilia Garcia (violão), Lilian Rodrigues (piano), Beatriz Lima (baixo), Si Medeiros (percussão), Daniela (bateria) e Anna Araujo (violino). “Eu sempre achei bonito  mulheres tocando; e eu me sinto muito bem com elas”, diz.

As músicas de Aline Maly expõem sua paixão pela música, especialmente a bossa nova, e as letras surgem de conversas suas com amigas sobre o cotidiano, as impressões sobre as coisas da vida. E falam de amor, desamor, entrega, espera. O clima é todo bossa nova, tanto nos arranjos como na forma de cantar, suave, levemente rouca às vezes.

CD é todo autoral (fotos: Divulgação)
Mesmo antes de lançar seu CD, o clipe de “Me Diz” – que dá nome ao disco -, postado no YouTube e no Facebook, a tornou conhecida mundialmente, tendo sido visto no Japão, Canadá, Argentina. “Um mês depois de ser postado, comecei a dar entrevistas e receber convites e, em pouco tempo, cheguei a 5 mil amigos no Facebook”, afirma. O clipe tem já mais de 10 mil visualizações no YouTube.

Aline começa a agenda de shows de divulgação do CD em janeiro. Além do disco físico, o trabalho estará disponível nas plataformas digitais. “Estamos ensaiando as músicas com a banda e, como é só de meninas, quanto melhor estivermos preparadas, melhor, porque é uma banda só de meninas, o que se destaca, por isso temos que tocar muito bem, as músicas têm que soar de forma muita perfeitas, para que saiam bem bonitas mesmo”, explica.

É esperar para ver.

Enquanto isso, abaixo o clipe de “Me Diz”. Outras canções podem ser curtidas em sua página no YouTube:


Postar um comentário